Moto Trip

"Live to Ride, Ride to Live"

30/8/09

Faça você mesmo!!!

Tem gente que quer ter carro ou moto que é só por gasolina e andar. Mas tem gente que como eu, e arrisco dizer que a maioria dos motoqueiros é assim, gosta de mexer... Se eu morasse em uma casa, reservaria um espaço na minha garagem para fazer manutenção da minha moto, mas infelizmente não moro, logo me limito apenas a fazer alguma coisa bem basica, como trocar oleo, trocar lampadas, apertar uns parafusos e coisinhas assim. Eu tenho percebido muitas reclamações de proprietários de motos de primeira linha acerca da qualidade dos serviços prestados pelas autorizadas. Desde péssima qualificação dos mecanicos, uso de peças e oleo inadequados e demora para disponibilizar peças simples que deveriam estar em estoque e por ai vai. Isso é duro de engolir quando se compra uma moto que custa o preço de um carro, um bom carro. A garantia dada pelos fabricantes, que deveria ser um benefício, acaba nos tornando reféns dessa maquina de enganar motociclistas, e o que acaba acontecendo é que de fato muitas das vezes a própria autorizada acaba sendo responsável por causar danos dos mais diversos nas nossas motos. Já ouvi cada estória incrível: é parafuso espanado, oleo que não é trocado, suspensão desregulada, acelerador desregulado, filtro de oleo fran pintado de preto pra cobrar um preço 10x maior... Para aqueles que tem coragem, curiosidade, espaço e as ferramentas necessárias vai ai uma dica valiosa. Tem um sujeito chamado Jim VonBaden que produziu um excelente DVD que explica passo a passo todo o procedimento de revisão e manutenção básica das motos R1150GS e R1200GS. Muito legal. Se eu tivesse um pouco mais de espaço faria a revisão em casa, mas como não tenho, vou comprar e assistir o DVD apenas para diminuir um pouco minha ignorância com relação a minha moto. O link para compra do DVD é: http://www.jimvonbaden.com/JVB_Productions.html
Manutenção Self-service

Manutenção Self-service

Aproveito a oportunidade até para sugerir as montadoras oferecer aos proprietários cursos de manutenção básica de suas motos. Eu gostaria muito que a BMW oferecesse um curso como esse. Com certeza eu faria.
criado por fpcore    12:46:09 — Filed under: Sem categoria — Tags: , ,

10/8/09

Oleo para motos: qual usar?

A escolha do oleo correto para colocar na moto sempre rende discussões das mais diversas entre motociclistas. Tem influencia da temperatura, tipo de pilotagem, se a moto é carter seco ou não e por ai vai... Eu vou trocar o oleo da minha moto essa semana e como todo motociclista neurótico, to procurando me informar de qual seria a melhor opção para o meu uso. Na Buell sempre usei o Mutul 5100 semi-sintético. Na BMW R1200GS a Officer na ultima troca colocou o Motul 3000 mineral, e me recomendaram usar qualquer oleo mineral 20W-50. Porém, na Buell jamais tive que completar o oleo, na BMW, depois de 2000Km rodados precisei completar. Dizem que isso é normal, mas eu não acho que é bom sinal. Atualmente a BMW recomenda o Castrol Actevo GP 4T. Bom, seguem ai 2 links muito interessantes que me deparei hoje que desmistificam algumas lendas sobre oleo de motores, como misturar oleo mineral e sintético e usar oleo de carro em motos. O primeiro é mais focado em carro, mas também fala de motos. O segundo trata exclusivamente de motos. Valem a pena as duas leituras. Os dois textos estão em inglês. http://www.carbibles.com/engineoil_bible.html http://www.nightrider.com/biketech/oiltest1.htm
criado por fpcore    17:19:37 — Filed under: Sem categoria — Tags: , , , , ,

23/7/09

Ultimo dia da viagem ao Sul

Depois de encararmos um dia de chuva e frio, acho que alguem ficou com pena de nós e nos mandou um belo dia de sol no domingo!!! Acordamos em curitiba dia 12/07 e o tempo estava bom, as ruas secando rapido devido ao sol. Olhamos a previsão do tempo na internet e era boa. Com todas estas informações em mãos, tinha uma decisão a tomar: Opção 1 - Fazer o trecho Curitiba-SP pela Regis. É o roteiro mais curto, mas cheio de carros e caminhões. Opção 2 - Fazer o trecho Curitiba-SP por Apiai. É um pouco mais longo, mas vazio de carros e cheio de curvas (que só podem ser devidamente aproveitadas no tempo seco). Decidimos pela opção 2. Nos aprontamos, fechamos a conta no hotel e saimos umas 9:30 da manhã. Abastecemos e pegamos a estrada. PEgamos a serra toda com sol. Deu pra curtir muito as curvas. Lógico que com a BMW tive um pouco de dificuldade de acompanhar as Buells, mas não fiz feio. Levei a moto até o limite, sendo que em uma curva chegou a raspar o protetor de motor no chão. Mas foi só uma vez, depois dessa raspada achei que seria melhor maneirar um pouco. Quando já estavamos chegando a SP o tempo nublou, mas não chegou a chover. Cheguei em casa umas 18h, cansado, mas com a alma lavada e renovada. O odometro parcial, que eu zerei quando saí de casa, marcava 934km, depois de ter zerado ao chegar a 1000km. A moto tava imunda. Nunca ficou tão suja. Eu nem tanto, mas precisava de um banho. O roteiro final da viagem foi esse: http://maps.google.com/maps?f=d&source=s_d&saddr=S%C3%A3o+Paulo,+SP&daddr=Florianopolis,+SC+to:Lauro+Muller,+SC+to:Bom+Jardim+da+Serra,+SC+to:-27.812357,-50.331116+to:Curitiba,+PR+to:Apia%C3%AD,+SP+to:S%C3%A3o+Paulo,+SP&hl=en&geocode=&mra=dme&mrcr=3,4&mrsp=4&sz=9&sll=-27.62514,-49.839478&sspn=1.026915,1.766052&ie=UTF8&ll=-26.199806,-49.067688&spn=1.039965,1.766052&z=9 Recomendo para quem quer ver paisagens bonitas e não tem medo do frio!!! Mas confesso que o passeio poder ser melhor aproveitado sem chuva. Mas quem tem medo se se molhar não pode andar de moto.
criado por fpcore    18:33:29 — Filed under: Sem categoria — Tags: , , , ,

22/7/09

Chegando na Serra

Apesar do tempo estar bem fechado em todo o caminho até a serra, ao chegarmos o tempo abriu como em um passe de mágica. Não chegou a fazer sol, mas as núvens abriram um espaço que nos permitiram ter a visão de toda a serra e tirar a tradicional foto do mirante mostrando as curvas insanas da estrada.
Serra do Rio do rastro

Serra do Rio do rastro

A serra parece mais assustadora vista de cima, mas ao passar por ela as curvas fechadas e a bela paisagem proporcionam um belo passeio, onde o melhor é tocar a moto devagar e curtir a paisagem. Em várias curvas nota-se caminhos de agua, onde pode haver limo, logo prudência é necessária para não estragar o passeio. Em dias mais frios essa agua corre o risco de congelar, e esses filmes de gelo são extremamente escorregadios. Tem gente que acha que é loucura sair de moto numa viagem dessas, no frio, mas no meio da serra tinham uns caras que subiam de bicicleta de bermuda e camiseta, e pararam para filmar as motos subindo fazendo as curvas. Isso sim é coragem. No alto da serra, no mirante, haviam várias motos: speeds, big trais, streets, customs... Estava ocorrendo um encontro de moto em Lages, o Moto Neve (noticias locais: http://www.correiolageano.com.br/htmNoticia.php?id=20297&c=8). Devido a este encontro todos os hotéis de Lages estavam lotados, optamos por pernoitar em São Joaquim. No caminho de Bom Jardim para são Joaquim o tempo foi fechando de novo, até que chegamos na cidade, achamos um hotel e na hora que estacionamos as motos, cerca de 16:30h começaram a cair os primeiros pingos de chuva. P%$## sorte nós tivemos. De acordo com a previsão do tempo durante a madrugada haveria a chegada de uma forte frente fria. Trocamos de roupa e tomamos banho, e seguindo recomendação do hotel fomos jantar em um restaurante chamado Pequeno Bosque (http://www.serracatarinense.com/pequenobosque/). Bom restaurante, fomos muito bem atendidos. No dia seguinte, sabado 11/07, amanheceu bem frio. Eu acordei as 7:00h por força do habito, e fotografei o céu da entrada do hotel. O dia prometia tempo ruim e frio.
00h da manhã

São Joaquim 11/07 as 7:00h da manhã

Saimos cerca de 9:30h, sem chuva, em direção a Lages para passar no encontro de moto. Lá tiramos algumas fotos, olhamos as catarinenses, mas só comemos uma pizza. Estamos igual os caras do Casseta e Planeta, rodamos Santa Catarina toda e não comemos ninguem!!!
Moto Neve 2009

Moto Neve 2009

Apesar do tempo feio, até este momento não haviamos pegado chuva, porém, foi só sairmos de Lages que começou a chover, e assim foi até Curitiba. Foi chuva sem descanso por mais de 350Km. E apesar de estarmos usando roupas ipermeáveis, a roupa molhada fazia com que a sensação termica fosse de uma temperatura bem mais baixa. Devido a chuva, a velocidade média na estrada diminuiu, e acabamos chegando em Curitiba já escuro. A chegada foi complicada pois a entrada da cidade é bem movimentada, estavamos todos bem cansados por causa da chuva e frio. Ao chegar no hotel, estava com a sensação de que eu estava todo molhado, mas ao tirara  roupa de cordura, pude verificar que não. Eu estava quase todo seco, a peça que realmente não aguentou a agua e molhou bastante foi a luva. Eu desisti de encontrar uma luva realmente ipermeável. Saimos para jantar em um restaurante que servia um rodízio de frutos do mar. Enchemos a pança e fomos dormir, com a esperança de melhora do tempo para o dia seguinte. Pra finalizar o post, um pouco das belezas naturais de Santa Catarina.
Onça Pintada

Onça Pintada

criado por fpcore    18:27:38 — Filed under: Sem categoria — Tags: , , , , , ,

21/7/09

1934Km !!!!

Esse foi o tanto que rodei no feriado do dia 09/07. Perdoem eu ter demorado tanto a escrever. Fui uma viagem show!!! Fomos em 5 motos, 4 ( uma BMW e 3 Buells) de SP e 1 (Buell) de CTBA. A previsão do tempo não era das melhores, mas depois de estar com alvara aprovado em mãos eu não tinha como mudar a data. Saimos da marginal pinheiros as 7:00h da manhã em ponto no dia 09/07. Fizemos a primeira parada aproximadamente 200Km após, onde fomos ao banheiro, abastecemos e seguimos viagem. Cerca de 12:00h estavamos no ponto de encontro em curitiba, onde a ultima moto se incorporaria ao grupo.
Parada em Curtiba - Posto Cupim

Parada em Curtiba - Posto Cupim

Até então viajamos sem chuva, mas ao ver as nuvens negras que nos esperavam a caminha de floripa, decidimos por logo a roupa de chuva e seguimos viagem. Dai pra frente fui chuva até Floripa. Chegamos lá no inicio da noite, cerca de17:30h e ja começava a escurecer. Rumamos para a pousada (Hotel Saint Germain - http://www.pousadasdefloripa.com.br/saintgermain/). Chegamos já estava escuro, estavamos molhados, mas não estava frio. Como a maioria teve preguiça de sair, fui ao mercado comprar uma garrafa de Red Label e umas batatas fritas, pedimos uma pizza e umas cocas e fizemos a festinha no próprio chalé que alugamos. Choveu a noite toda, mas surpreendentemente, amanheceu um belo dia de sol em Floripa, contrariando a previsão do tempo.
Motos na manhã do dia 10/07 em Floripa

Motos na manhã do dia 10/07 em Floripa

Nos animamos com o tempo e saimos em direção a tão esperada Serra do Rio do Rastro. Abastecemos a moto na saida de Floripa e seguimos até Lauro Muller, primeiro pela BR-101, que está toda em obras, o que dificultou muito esse tercho da viagem, pois haviam muitos desvios e o trafego de caminhões era intenso, nesse meio tempo o clima piorou, e o céu ficou bem escuro, mas não choveu.
Céu escuro... Será que veriamos alguma coisa na serra?

Céu escuro... Será que veriamos alguma coisa na serra?

Superado esse trecho de estrada, saimos da BR em Tubarão e rumamos pelas estradas vicinais (SC-431, SC-407, SC-482 e SC-438) em direção a serra. Fizemos uma ultima parada para abastecer em São Ludgero e finalmente chegamos a Lauro Muller.
Entrada de Lauro Muller

Entrada de Lauro Muller

A passagem pela Serra do Rio do rastro eu conto amanhã...
criado por fpcore    14:02:10 — Filed under: Sem categoria — Tags: , , , ,

8/7/09

Feriadão...

Chegando o feriadão, amanhã é dia de por a moto na estrada. Destino a Florianopolis, com volta pelo interior de Santa Catarina. O roteiro que vamos fazer ainda não ta muito certo pois vai depender um pouco do clima, que não ta dos melhores pela previsão. Mas a vontade de motocar é maior do que as adversidades climáticas e vamo lá... Na volta coloco umas fotor aqui. Vão 5 motos. 3 Buell e 1 BMW de SP e encontraremos mais um companheiro de Buell em Curitiba.
criado por fpcore    11:43:35 — Filed under: Sem categoria — Tags: , , , ,

25/6/09

Rumo ao Frio

Estou planejando para o próximo feriado em SP, que será dia 09/07 fazer uma viagem para o sul, indo pelas vias principais até Florianópolis e retornando pelas serras catarinenses. Nesta epoca do ano são grandes as chances de pegar temperaturas próximas de zero. Mas beleza, com o equipamento correto da pra superar. O plano é sair de SP na quinta de manha cedo e seguir direto para Floripa, aproximadamente 700Km, descansar lá na sexta e sair sabado de manha, em diração a Lauro Muller, passando pela Serra do rio do Rastro. Parada para pernoite em Santa Cecilia (500Km), e partindo domingo até Sampa (600Km). Total de aproximadamente 1800Km.
Roteiro Viagem Serra do Rio do Rastro

Roteiro Viagem Serra do Rio do Rastro

To torcendo pra porra do bau chegar a tempo da viagem, mas to achando difícil, já que o status do pedido no site esta ainda como "processing", e não como "shipped". Mas beleza, vou me virar com uma mochila presa por uma aranha de elastico. Nesse ponto a BMW tem bastante espaço pra amarrar coisas. Pra quem não conhece, a Serra do Rio do Rastro é uma subida cheia de curvas alucinantes como podem ver na foto abaixo. É cortada pela rodovia SC-438. Mais informações: http://pt.wikipedia.org/wiki/Serra_do_Rio_do_Rastro
Serra do Rio do rastro
Chamei um amigo para me acompanhar na viagem, ele vai com uma Buell Citycross. Apesar de não parecer ser a moto mais adequada para este passeio, ele tem estatura baixa e ta bastante acostumado a viajar com esta moto. Tudo indica que vai ser um passeio bem bacana, e quero retornar com fotos para colocar aqui. Espero que o clima ajude. Não ligo de pegar frio, mas não queria pegar frio e chuva juntos. Link para o roteiro no Google Maps: http://maps.google.com/maps?f=d&source=s_d&saddr=S%C3%A3o+Paulo,+SP&daddr=Curitiba+to:Florianopolis,+SC+to:Lauro+Muller+to:Santa+Cecilia+to:S%C3%A3o+Paulo&hl=en&geocode=&mra=ls&sll=-25.572176,-47.955322&sspn=4.300219,7.064209&ie=UTF8&ll=-25.562265,-47.307129&spn=8.596477,14.128418&z=6
criado por fpcore    14:48:15 — Filed under: Sem categoria — Tags: , , , ,

24/6/09

Acessórios para o piloto

Pela primeira vez alguem deixou um comentário, até me animei a escrever pois achei que ninguem lia essa merda. Então vamos lá. Estou planejando fazer uma viagem em julho, saindo de Sampa em direção a floripa, pela BR-116, porém o retorno será pelas serras catarinenses, com direito a Serra do Rio do Rastro. Não preciso nem dizer que devo pegar um flio culhonal por lá. Com esse passeio em vista, senti a necessidade de buscar alguns acessórios para suportar o frio, e se inevitável, a chuva. Meu conjunto de cordura Joe Rocket Alter Ego eu acho que da conta do recado, mas acho que vou ter que comprar camisa e calça tipo segunda pele para usar por baixo, além de uma blusa de Fleece, mas essa eu ja tenho. Uma dica bacana é que essas roupas tipo segunda pele, que nas lojas de moto da marca X-Solo custam em torno de R$120 cada peça, pode-se encontrar produto bem similar na Decathlon (http://www.decathlon.com.br/BR/) pela metade do preço. Um amigo meu usa dessa faz tempo e ta satisfeito. Certamente é isso que eu farei. Minha atual bota Forma Fly Evo, apesar de ainda aguentar rodar muitos Km, sofreu bastante com o uso diário e impiedoso pelas ruas de SP e estradas Brasil e seu forro hipermemeável já não mantem o desempenho da juventude. Como uma infiltração de agua na bota em temperaturas proximas de zero grau pode ser fatal, fui hoje a General Osorio em busca de uma bota nova especialmente para essa viagem.
Forma Fly Evo

Forma Fly Evo

Eu queria uma bota de cano um pouco mais alto do que esta. Pela internet selecionei algumas opções, que seriam a Alpinestars WEB, Forma GT e Diadora Frontier. Chegando lá comecei a rodar as lojas, a Alpine achei mais baixa do que parece nas fotos e descartei. A Forma GT não encontrei, e a Diadora eu encontrei, experimentei e gostei bastante, mas o preço tava R$690. Decidi rodar mais. Entrei na Moto Racer e encontrei uma bota Puma Brutale, de couro de excelente qualidade, membrana Gore Tex e cano alto. Experimentei, mas achei bem apertada, quase não consegui vestir. Depois de calçar fica bem justa no pé e é muito bonita também. Preço: R$680, se fosse no dinheiro ficava por R$580. Começou a ficar interessante. Como ainda não tava convencido, fui em mais uma loja (Nacar) ver as botas da Joe Rocket e me deparei com a bota Sonic, a qual era quase exatamente o que eu procurava, mais no estilo touring, enquanto que a Puma tem um estilo mais cafe racer. O preço tava R$690, eu tava quase convencido a ir buscar aquela Puma, quando o vendedor me falou que faria a vista no debito por R$550. Acabei fechando.
Joe Rocket Sonic Boot

Joe Rocket Sonic Boot

Agora ta quase tudo pronto pra viagem a serra catarinense. A minha luva hipermeável também não ta la essas coisas, mas só vou comprar outra se sobrar grana até a viagem, coisa que eu qcho difícil. Tenho uma luva da Revit que eu achei muito boa, mas é ventilada. caso eu compre outra luva to querendo pegar uma outra Revit. To numa expectativa muito grande para essa viagem. Seria perfeito se o top case chegasse a tempo, mas to achando cada vez mais dificil disso acontecer. No próximo post coloco mais detalhes sobre esse assunto.
criado por fpcore    23:51:47 — Filed under: Sem categoria — Tags: , , , , , , , , , ,

17/6/09

Acessórios para BMW

O foda de comprar uma moto dessas é que além de pagar caro nela, paga mais caro ainda nos acessórios. E não da pra pegar uma de primeira linha e ficar fazendo gambiarra. Um acessório extremamente importante e que faz o dia a dia muito mais facil é o tal bauleto ou "Top case". Bom, basicamente existem 3 opções: - Bauleto Givi Monokey (R$520 a base + R$1.100 o bau 46L + R$200 encosto garupa)
Bau Givi 46N

Bau Givi 46N

- Topcase de Aluminio Traxx (R$620 a base + R$1.600 o bau de 45L)
Topcase Traxx

Topcase Traxx

- Topcase Original BMW-Vario (R$1.100 a base + encosto garupa + miolo da fechadura e R$2600 o Topcase)
Topcase Vario

Topcase BMW Vario

Uma facada mais funda que a outra. Obviamente o que tem a melhor estética e praticidade é o original, que tem a opção inclusive de aumentar seu volume através do acionamento de uma alavanca interna. Tendo em vista as opções acima, resolvi que quero o Topcase BMW, só que não quero pagar os quase R$4.000 que a Caltabiano e a Officer. Então vamos ver o que da pra fazer... Primeira opção: comprar tudo nos EUA. Pelos preços dos EUA (www.sierrabmw.com), o kit sairia por $499 o Topcase + $120 da base + $100 do encosto e $21 do miolo da fechadura. Se eu passar no aeroporto sem ser tarifado sai um total de $740=R$1480. Essa semana dei sorte, um sujeito do grupo BMW Riders colocou a venda por preço de EUA o kit com a base + encosto + miolo da fechadura. Paguei R$510. Metade do kit comprado. Agora falta o Bau. O mesmo cara que me vendeu o kit, me disse que acabou tendo  o bau tarifado pela receita no aeroporto. Isso me desanimou. Mas agora que eu comprei a base, vou ter que comprar o resto. Eis que outro membro do BMW Riders passou uma dica de uma loja alemã na WEB que entrega no brasil (http://www.teileineile.de/be_shop/). Esta loja não tem tantas opções quanto a americana, mas tem preços melhores. Fazendo a conta, o topcase entregue no Brasil, e contando que a receita vai me cobrar 60% de imposto na chegada, vai sair por R$1.350, fazendo um total de R$1.860,00 pelo kit original, menos da metade do preço pedido pelas concessionárias em São Paulo.  Acabei fazendo o pedido ontem nessa loja, vamos ver se não demora muito pra chegar, pois o bau ta fazendo falta. Afinal posso perder o emprego, e como vou fazer pra pegar um bico de entregador de pizza ????
criado por fpcore    16:50:19 — Filed under: Sem categoria — Tags: , , , , , , ,
Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://mototrip.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.